Prefeitura Municipal de Santana do Paraíso

Previsão do tempo

Terça-feira - 23/05

Mínima: 20°C
Máxima: 23°C
Situação: Chuvas Isoladas
IUV: 7.0

Você sabia? Ipaba foi um grande entreposto comercial no final do Século XX
Imprimir Email

Saúde

Exposição e combate ao preconceito no Dia da Luta Antimanicomial

por Assessoria de Comunicação

18/05/2017 14:41

Exposição CAPS - 1

O CAPS de Santana do Paraíso ficou cheio, durante toda a manhã desta sexta-feira

O Centro de Atenção Psicossocial de Santana do Paraíso abriu as portas à comunidade nesta quinta-feira (18) para marcar a passagem do “Dia Nacional de Luta Antimanicomial”. Moradores, usuários do serviço e familiares foram recebidos com pipocas, vídeos e palestra sobre o atendimento prestado pelo CAPS, num esforço para esclarecer e sensibilizar a população, além de combater o preconceito e ampliar o debate sobre a melhor forma de tratamento de pacientes com sofrimento mental.

A sede do CAPS, na rua Gentil Pessoa, nº 145, no centro de Santana do Paraíso, ficou cheia durante toda a manhã. Foram expostos vários trabalhos manuais feitos pelos usuários, principalmente pinturas, recortes e artesanato durante as oficinas terapêuticas que são oferecidas diariamente naquele espaço. “Faz escuro em todo canto, liberdade em todo canto” foi o tema do evento, que serviu também para apresentar a equipe de trabalho multidisciplinar.

Exposição CAPS - 2

Quadros e desenhos de pacientes psiquiátricos cobriram as paredes do CAPS

Além da exposição de trabalhos dos usuários, foram apresentados vídeos e palestras sobre a trajetória do movimento de luta antimanicomial e as ações que são desenvolvidas no CAPS com o objetivo de mudar o imaginário sobre a loucura e de conscientizar a população sobre as situações de preconceito e desrespeito a que são submetidas as pessoas com transtorno mental.

 

ESTÍMULO

O CAPS de Santana do Paraíso foi inaugurado no ano passado, mas ficou um tempo praticamente desativado. Seu funcionamento foi retomado no início do ano, com a recomposição da equipe multidisciplinar que faz atendimentos de segunda a sexta-feira, de 7h às 16h. Após a reformulação do espaço, a Prefeitura de Santana do Paraíso trabalha para seu credenciamento junto aos governos estadual e federal, de modo a ampliar os serviços e os recursos para sua manutenção.

Exposição CAPS - 3

Vídeos e palestras foram apresentados aos usuários do CAPS e familiares

O trabalho do CAPS vai além do tratamento clínico. No local, aproximadamente 200 usuários participam de oficinas e atendimento terapêutico para sua reinserção social, através do acesso ao trabalho, lazer, exercício dos direitos civis e fortalecimento dos laços familiares e comunitários. Conforme a equipe multidisciplinar, é também uma prática social e de assistência baseada na escuta e no estímulo às potencialidades das pessoas acometidas por sofrimento psíquico.



Matérias relacionadas

    Final do corpo do documento e conteúdo da página