Prefeitura Municipal de Santana do Paraíso

Previsão do tempo

Terça-feira - 23/05

Mínima: 20°C
Máxima: 23°C
Situação: Chuvas Isoladas
IUV: 7.0

Você sabia? Ipaba foi um grande entreposto comercial no final do Século XX
Imprimir Email

Cultura

Santana do Paraíso amplia e diversifica sua feira-livre

por

15/03/2017 10:32

Feira livre

As barracas de produtos orgânicos e de artesanato local funcionam todos os sábados de manhã, ao lado da Igreja Matriz de Santana do Paraíso

A Prefeitura de Santana do Paraíso está remodelando e ampliando a feira-livre que, tradicionalmente, acontece nos fins de semana ao lado da Igreja Matriz, no centro da cidade. A primeira mudança foi de data: em vez de domingo, agora os pequenos produtores rurais e artesãos do município expõem e vendem seus produtos no sábado, de 7h ao meio-dia.

A mudança do dia de funcionamento da feira-livre foi feita ainda no mês passado, atendendo a uma reivindicação dos próprios feirantes e também dos consumidores. Outra melhoria é a aquisição de mais 10 barracas, dobrando capacidade de funcionamento da feira-livre. Atualmente existem 10 barracas padronizadas, cada uma com dois produtores ou artesãos.

A feira-livre de Santana do Paraíso integra o Programa de Segurança Alimentar, coordenado pela Secretaria Municipal de Assistência Social. Outras ações estão sendo realizadas paralelamente, como a reativação da Horta Comunitária, para atendimento a dezenas de famílias.

 

POTENCIAL

Com a ampliação da feira, a Prefeitura de Santana do Paraíso pretende incentivar também a diversificação da produção de hortifrutigranjeiros e de artesanato, aproveitando o potencial do município. Atualmente, conforme a secretária de Assistência Social, Vaneza Pereira Fernandes da Silva, já existe até fila de espera para novos participantes da feira de produtos orgânicos.

Para quem trabalha na feira-livre, as mudanças já começaram a surtir efeitos positivos, como constata Josélia Duarte, uma das voluntárias que coordenam esse trabalho com os agricultores familiares de Santana do Paraíso. “O projeto é bom, vamos dobrar o número de barracas, aumentar a organização e aproveitar o grande potencial do município, inclusive em termos de turismo”, aprova Josélia Duarte.

 

 

 

 



Matérias relacionadas

    Final do corpo do documento e conteúdo da página